CONHECIMENTO PRÉVIO PARA A DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA EM CURSOS DA ÁREA DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU-SC.

Ana Lucia B. ZENI

Resumo


O índice de repetição em disciplinas básicas introdutórias de física, cálculo, química e também debioquímica entre outras, nas universidades, é comumente bastante elevado. Neste artigo 85 alunosde cursos da área da saúde, medicina e odontologia (primeiro semestre) e farmácia e fisioterapia(segundo semestre) foram questionados sobre diversos aspectos relacionados a conteúdos préviosconsiderados importantes à aprendizagem na disciplina de bioquímica. Foram observadas algumasdiferenças entre as respostas dos diferentes semestres, mostrando um pequeno aumento deconhecimento. Porém estudantes mostraram dificuldades em explicar funções, sendo difícil associaras moléculas, funções e organelas, que constituem a célula. A aprendizagem significativa mostraque o conhecimento prévio do estudante é de fundamental importância, pois determina não apenaso que se aprende, mas como se aprende, e conseqüentemente torna o resultado final do processoensino-aprendizagem mais consistente. Sugere-se a investigação do conhecimento prévio, ou seja,das concepções alternativas e após que os estudantes sejam envolvidos em diferentes atividades,teóricas e práticas a fim de integrar o novo conhecimento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v8i1.39

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.